segunda-feira, 1 de julho de 2013

PREFEITO HADDAD e seus “SECRETÁRIOS” ESTÃO REPETINDO UM CRIME JÁ COMETIDO CONTRA A VIDA de MILHARES de PESSOAS COM DEFICIÊNCIA TENTANDO TIRAR o TRANSPORTE "ATENDE" DELAS.

DIGA NÃO A EXCLUSÃO, DIGA NÃO A MORTE, DIGA NÃO AO SOFRIMENTO
AJUDEM-NOS COM URGÊNCIA MUITAS PESSOAS COM DEFICIÊNCIA PODERÃO MORRER PRESAS DENTRO de SUAS CASAS POR FALTA de TRANSPORTE.
MAIS UMA VEZ a PREFEITURA de SÃO PAULO QUER TIRAR o DIREITO ao TRANSPORTE das PESSOAS com DEFICIÊNCIA, PRECISAMOS URGENTE do APOIO de TODAS AS PESSOAS COM ou SEM DEFICIÊNCIA PROTESTEM COMPARTILHANDO OU DA FORMA QUE PUDER, NÃO PERMITAM que a Prefeitura de São Paulo por meio da SPTrans EXCLUAM NOVAMENTE as Viagens do SERVIÇO ATENDE, "VIAGENS CHAMADAS POR ELES de EXTRAS ou EVENTUAIS"
As Viagens Extras ou Eventuais são para Consultas e Exames Médicos, Sem essas Viagens Eventuais as pessoas com deficiência não terão condições irem as suas consultas ou exames médicos e também não conseguirão ter uma programação de viagens "exigida pelo ATENDE que NÃO ATENDE" já que não passarão por consultas e exames médicos, MUITAS PESSOAS PODERÃO MORRER PRESAS EM SUAS CASAS POR FALTA de TRANSPORTE.
O PREFEITO FERNANDO HADDAD e SEUS “SECRETÁRIOS” ESTÃO REPETINDO UM CRIME CONTRA A VIDA DE MILHARES de PESSOAS COM DEFICIÊNCIA, CRIME ESTE JÁ COMETIDO em 06 de agosto de 2001 QUANDO MARTA SUPLICY era “PREFEITA de SÃO PAULO, NÃO PERMITAM MAIS ESSA MALDADE CONTRA NOSSAS VIDAS, Não podemos permitir que isto ocorra novamente.
ASSISTA no Vídeo parte da fala de Valdir Timóteo em Audiência Publica realizada na Câmara Municipal de São Paulo Sábado dia 29 de Junho de 2013
Não espere acontecer com você para começar a lutar por acessibilidade e inclusão.

O Serviço de Atendimento Especial - ATENDE foi criado por meio do decreto nº 36.071 de 09 de maio de 1996. É uma modalidade de transporte porta a porta, gratuito aos seus usuários, com regulamento próprio, oferecido pela Prefeitura do Município de São Paulo, gerenciado pela São Paulo Transporte S.A. e operado pelas empresas de transporte coletivo do município de São Paulo. Destina-se às pessoas com deficiência física com alto grau de severidade e dependência, no horário das 7h às 20h, de segunda-feira a domingo. O atendimento é prestado a clientes cadastrados, com uma programação pré-agendada de viagens. Além do atendimento porta a porta a clientes cadastrados, o Atende oferece atendimentos nos fins de semana, denominados de "eventos aos fins de semana". Neste tipo de serviço, os pedidos de transporte são feitos diretamente pelas instituições que trabalham com pessoas com deficiência (com, no mínimo, uma semana de antecedência). As instituições precisam efetuar cadastro prévio na SPTrans. O Atende tem veículos devidamente adaptados e roda cerca de um milhão de quilômetros/mês. Todos os usuários do Serviço de Atendimento Especial - ATENDE e demais munícipes interessados em obter informações, podem fazê-lo por meio do telefone 0800-015 52 34 e pela Central de Atendimento 156 da Prefeitura ou ainda nos postos de atendimento das Subprefeituras.

Reportagem CPI na CMSP em 10 de Maio de 2011 Valdir Timóteo luta pelos menos favorecidos

  
 LUTEM HOJE E NÃO SEJAM OS ABANDONADOS DO AMANHÃ.
VALDIR TIMÓTEO 
MOVIMENTO INCLUSÃO JÁ

Nenhum comentário:

Vamos exercer a nossa cidadania e eliminar os maus políticos da vida publica, ESSE PODER É NOSSO

Somos 45 milhões de brasileiros cidadãos e cidadãs com algum tipo de deficiência sem ter nossos direitos respeitados. Quem esta preocupado e trabalhando de verdade por essa população? Até Quando vão continuar nos ignorando? Para que servem as Leis Federais se os próprios governos as desrespeitam? Porque o Decreto 5.296 de 2004 não foi e não é cumprido? Senhores mandatários do poder hoje nós somos os abandonados amanhã pode ser os senhores!!!! Vamos exercer a nossa cidadania e eliminar os maus políticos da vida publica, ESSE PODER É NOSSO

Postagens populares

Movimento Inclusão Já

Loading...