quinta-feira, 20 de agosto de 2009

O “ATENDE” que Não atende, Absurdamente as barreiras burocráticas do Serviço de Atendimento especial “ATENDE” chega a ser intransponível.

Valdir Timóteo Coordenador Geral do MOVIMENTO INCLUSÃO JÁ vem recebendo várias reclamações de pessoas com deficiência e reclamações das Mães de pessoas com deficiência, reclamam que, Não Conseguem Transpor as Barreiras Burocráticas que o regulamento do serviço exige, os deficientes acabam ficando sem atendimentos e Excluídos do serviço, relatam que o tempo do tramite burocrático exigido pelo “ATENDE” chega a ser maior do que o tempo que as instituições admitem essas pessoas para passarem pelo processo de Reabilitação.

Absurdamente as barreiras burocráticas do Serviço de Atendimento especial “ATENDE” chega a ser intransponível para a grande maioria das pessoas com deficiência que necessitam do “ATENDE” e por conseqüência ficam sem transporte para fazerem seus tratamentos Médicos, Exames e Reabilitação
Um dos grandes agravantes, é que o “ATENDE” não atende os deficientes para passarem por consultas e exames médicos sem que a pessoa tenha uma programação de viagens mensal pré agendadas, Se as pessoas não passarem por consultas e exames médicos elas nunca terão uma programação de viagens e nunca serão atendidas, as pessoas já são excluídas do “ATENDE” de anti-mão, O que faz o regulamento ser excludente e discriminatório, nesse sentido as pessoas não conseguem sequer chegar ao processo de Reabilitação e ficam presas sofrendo em suas casas.
video
A Secretaria Municipal dos Transportes encaminhou documento ao Ministério Público do Estado de São Paulo ao Grupo de Atuação Especial de Proteção a Pessoa Portadora de Deficiência – PRÓ-PPD ao Digníssimo Promotor de Justiça Dr. Julio Cesar Botelho noticiando estar (ZERADA a fila de espera do “ATENDE”), Nos surge uma grande duvida, Como pode estar “ZERADA” a fila de espera?
Veja o relato desta mãe,
Meu nome é Cleide Quitéria Pereira e sou mãe da Emilly Vitória Pereira Santos portadora de mielomeningocele mais hidrocefalia.
A Emilly iniciou seu tratamento na AACD, no qual fazia fisioterapias alguns dias da semana, devido as dificuldades de locomoção com a Emilly devido ao uso de cadeira de rodas eu resolvi dar entrada no SERVIÇO DE TRANSPORTE ATENDE no qual eu enviei uma Ficha de Avaliação Médica, preenchida com os dados e a patologia.
Após um ano e pouco a Emilly começou a ser usuária do SERVIÇO ATENDE aonde ia apenas para suas terapias.
Com 3 anos de idade Emilly teve complicações com a Válvula onde foi submetida a cirurgia, no caso teve que ser afastada de suas terapias, onde conseqüentemente tive que informar o SERVIÇO ATENDE de que ela não iria usar o serviço até sua total recuperação. Mas infelizmente essa não foi a única cirurgia logo teve a de medula presa, quadril, joelho e pés onde acabou ficando afastada das terapias por quase dois anos mas permanecia indo em suas consultas e exames pré operatórios onde infelizmente o ATENDE não fornece mais esse tipo de trabalho.
Emilly retomou suas terapias há quase 4 meses onde desde o primeiro mês fui à Subprefeitura Capela do Socorro fazer a Programação de Horários no dia 29/04/2009.
No dia seguinte o SERVIÇO ATENDE entrou em contato me informando que a Emilly não poderia ser enquadrada nos horários programados porque ela já estava sem o atendimento do ATENDE a quase 2 anos e que eu teria que reenviar uma nova Ficha de Avaliação Médica.
Fui à subprefeitura dia 13/05/2009 pra a retirada desse relatório pela segunda vez.
Levei esse relatório na AACD para ser preenchido pelo médico dia 18/05/2009 onde fui informada de que levaria mais ou menos 60 dias para ficar pronto. Pois a demanda de pedidos de laudo é muito grande para poucos médicos.
Mas acabou demorando mais que isso é só saiu porque pedi ao Coordenador Geral do Movimento Inclusão Já, Valdir Timóteo intervir por mim, onde acabou saindo o laudo no dia 14/08/2009.
Cleide Quitéria Pereira mãe da Emilly Vitória Pereira não é a única a sofrer com as barreiras burocráticas que rege o serviço Atende.
Vejam o que aconteceu com a senhora Maria Josefa da Silva Araujo, que solicitou ajuda ao Movimento Inclusão Já, onde Valdir Timóteo coordenador Geral do Movimento encaminhou pedidos de providências de pronto, levando também para conhecimento do Promotor de Justiça
São Paulo10 de Agosto de 2009
A SPtrans S/A Serviço de Atendimento Especial "ATENDE"
A/C Sr. José Carlos Biagioni e Gerencia do “ATENDE”
Prezados Senhores encaminhos solicitação de transporte à pretensa Usuária do serviço “ATENDE” senhora Maria Josefa da Silva Araujo RG. Residente a Rua Rock Estrela Nº 48 CEP: 08223-620 Cidade AE Carvalho São Paulo SP. TEL.
A senhora Maria Josefa da Silva Araujo Relata ter iniciado seu processo de inscrição neste serviço dia 06 de Fevereiro de 2009, assim como é exigido pelo regulamento deste “SERVIÇO”, seguiu em busca de seu atendimento conforme o exigido, MAS, infelizmente não conseguiu transpor as barreiras burocráticas estabelecidas no regulamento deste “SERVIÇO”.
A senhora Maria Josefa da Silva Araujo seguiu toda tramitação burocrática do regulamento que rege o serviço “ATENDE” e só conseguiu a exigida programação de viagens dia 24/03/09 e concluiu seu processo de inscrição dia 27/04/09 conforme demonstram documentos em anexo, por tanto, o fato é que, não houve atendimento nem em primeiro momento nem em segundo momento, deixando-a excluída do serviço, O que demonstra a necessidade da flexibilização do regulamento, A Fim de eliminar este tipo de EXCLUSÃO.
No momento a senhora Maria Josefa da Silva Araujo foi encaminhada pela DRA. Cristianne A. Kavamoto Médica Fisiatra CRM-SP 84897 para tratamento de fisioterapia, e esta procurando uma vaga em outra instituição para dar continuidade em seu tratamento para a manutenção de sua vida, que até o presente momento foi prejudicado por falta de transporte adaptado que venham a atender as suas necessidades.
A senhora Maria Josefa da Silva Araujo Relata ter tido alta do seu processo de Reabilitação no HC. DMR Dia 04 de Agosto de 2009 e até a presente data não foi atendida.
Aqui informamos o não atendimento e Alta do Hospital das Clinicas da senhora Maria Josefa da Silva Araujo
Renovamos os nossos cumprimentos.
Valdir Timóteo Coordenador geral MOVIMENTO INCLUSÃO JÁ, TEL: 38672269 TEL CEL 93026668
Para o arrepio e desespero dos que precisam do “ATENDE” a senhora Maria Josefa da Silva Araujo teve alta dia 04 de Agosto de 2009 do seu processo de reabilitação no Hospital das Clinicas Centro de Oncologia - INRAD e não foi atendida, mesmo seguindo a risca todas as exigências do “ATENDE”, Infelizmente estamos constatando que (O “ATENDE” Não ATENDE), ou seja, Maria Josefa não conseguiu transpor as barreiras burocráticas do “ATENDE”.
É, mais os senhores pensam que é apenas esses casos veja o pedido de ajuda a Valdir Timóteo Coordenador geral MOVIMENTO INCLUSÃO JÁ, vindo da Assistente Social Maria Aparecida Frediani Tasca do Hospital das Clinicas Centro de Oncologia – INRAD que ficou muito comovida e sensibilizada com a situação da senhora Thereza de Jesus Silva (81 anos).
Maria Aparecida Frediani Tasca diz Boa tarde Valdir
Conforme nosso entendimento em 13/08/09 encaminho-lhe os dados da paciente que necessita do transporte ATENDE senhora Thereza de Jesus Silva (81 anos) Rua Curiangos , 159 casa 1 Cidade A.E. Carvalho Nº do protocolo: 11.158
Ficha entregue em 18/05/09 Freqüência: às 3ª feiras das 13h às 17h às 5ª feiras das 13h às 17h (A data passou a ser contada a partir do momento que a Sra Thereza entregou a ficha de inscrição) Agradecemos a sua gentileza e atenção Maria Aparecida.
A senhora Thereza de Jesus Silva paraplégica de 81 anos também não estava sendo atendida, ate que Valdir Timóteo fez nova solicitação junto ao “ATENDE”, ai vem à resposta do “ATENDE” vejam,

Prezado Senhor Valdir Timóteo Leite Sobre a solicitação em questão, informamos a Vossa Senhoria que o atendimento iniciar-se-á na próxima quinta-feira, dia 20/08/09.
A senhora Thereza de Jesus Silva (81 anos) agradece ao Movimento Inclusão Já, e reclama ter tentado o transporte por anos e por não ter conseguido, lamenta.
video
Valdir Timóteo Diz, resolvemos solicitar informações via Câmara Municipal de São Paulo, para que o ATENDE respondesse oficialmente a um vereador, fizemos as seguintes Perguntas e tivemos as seguintes respostas.
1)Qual o número de veículos na frota em operação?
Resposta: Atualmente o Serviço Atende conta com uma frota de 332 veículos em operação e entre o ano de 2008 ate a presente data foram incorporados 60 novos veículos à frota.
2)Qual o numero de usuários em atendimento?
Resposta: Durante o mês de junho de 2009, foram transportados 6.481 passageiros sendo: 3.671 usuários com deficiência e 2.810 acompanhantes, resultando em 108.784 atendimentos.
3)Qual o numero de pessoas atendidas por ordem judicial?
Resposta: Parte dos passageiros transportados é atendida por determinação judicial, o que corresponde a 166 passageiros; inclusos os respectivos acompanhantes.
4)Qual o numero de pessoas que estão na fila para atendimento?
Resposta: em 14/07/09 Hoje 318 pessoas inscritas no serviço aguardam o surgimento de novas vagas.
5)Qual o tempo médio de espera para atendimento?
Resposta: Não souberam dar um tempo médio para o atendimento
6)Quantos veículos incorporados desde 2008 ate esta data?
Resposta: Dizem ter incorporado mais 60 novos veículos a frota no ano de 2008, sem precisar em quais regiões.
7)Qual a previsão para atender viagens eventuais (consultas e exames médicos)?
Resposta: Esclarecemos que viagens eventuais (consultas e exames médicos) Não são contempladas pelo serviço “ATENDE”, contudo esse assunto encontra-se em discussão no Ministério Público do Estado de São Paulo. Respostas dadas em 14 de julho de 2009.
Essas são informações oficiais do “ATENDE” Se a fila de espera esta ZERADA essas 318 pessoas não são ninguém?
Essas pessoas aqui citadas foram atendidas?
Cabe lembrar que viagens eventuais para (consultas e exames médicos) foram EXCLUIDAS do serviço “ATENDE” em 06 de Agosto de 2001 com a participação do próprio Ministério Público do Estado de São Paulo e o caso esta no Ministério Público do Estado de São Paulo por ação do Movimento Inclusão Já, na busca de recuperar o transporte a milhares de pessoas que estão Excluídas do serviço “ATENDE” até a presente data.
Esperamos que esse erro de excluir viagens para consultas e exames médicos cometido em 06 de Agosto de 2001 venha a ser corrigido, e esperamos recuperar essas viagens para consultas e exames médicos, esperamos também que a Exclusão nunca mais volte a acontecer, finalizamos dizendo, respeitem as pessoas com deficiência Movimento INCLUSÃO JÁ.

Infelizmente ate a presente data não incorporaram os 150 veículos a frota conforme demonstra a promessa no documento abaixo.

Nenhum comentário:

Vamos exercer a nossa cidadania e eliminar os maus políticos da vida publica, ESSE PODER É NOSSO

Somos 45 milhões de brasileiros cidadãos e cidadãs com algum tipo de deficiência sem ter nossos direitos respeitados. Quem esta preocupado e trabalhando de verdade por essa população? Até Quando vão continuar nos ignorando? Para que servem as Leis Federais se os próprios governos as desrespeitam? Porque o Decreto 5.296 de 2004 não foi e não é cumprido? Senhores mandatários do poder hoje nós somos os abandonados amanhã pode ser os senhores!!!! Vamos exercer a nossa cidadania e eliminar os maus políticos da vida publica, ESSE PODER É NOSSO

Postagens populares

Movimento Inclusão Já

Loading...